POÉTICA


Uma palavra há de ser poética
desde que você a coloque no lugar
imprevisto, desde que ela dê alarme,
desde que ela quebre o muro da
velha ordem. É preciso sempre
escrever a primeira vez de uma
frase. Se possível botar roupa
rasgada nas idéias. Toda frase
que se faz é preciso gozar nela,
E é preciso fazer o serviço com
paciência para que o gozo dê
frutos.
Manoel de Barros.

5 comentários:

Taia disse...

Me diz uma coisa, vc é a Serena ou a Luna? Essas rosas são tão lindas que eu sempre lembro da novela! Um beijo!

CapaEspada disse...

Poesia nas palavras, se falassemos como poetas, ou como anjos, sem ofensas, sem agressões, com afeto.
Os poetas são capazes de sentir o gozo nas palavras, os pintores nas telas, os escultores na obra a sua frente, mas nós ainda, o mal na Criatura e na Criação.
Seu Blog, mostra como ver o mundo através da lente do amor

Jôka P. disse...

Não disse que você é a SERENA ?!?!?!?
VIU !
;)
JÔKA P.

Angela Ursa disse...

Amiga Saramar, obrigada por nos presentear com esse poema do Manoel de Barros! Lindo!! Beijo da Ursa

Camiles disse...

Lindo!
Amo Manoel de Barros!
Adorei seu canto.
beijos