ÂNSIAS



Meu corpo transborda.
Meus poros abertos aguardam
um rastro de desejos e delícias.
Quero a carícia inicial, íntima,
em minhas fontes e ramos.
Minhas rosas rubras tremulam
na ânsia de sua boca animal.
Vem, amigo,
trazer o fogo,
apagar o meu fogo
com seus líquidos incendiários.
Misture-os aos meus,
dentro e fora
dos cálices originais.
Saramar

10 comentários:

Jôka P. disse...

"Vem, amigo,
trazer o fogo,
apagar o meu fogo
com seus líquidos incendiários.
Misture-os aos meus,
dentro e fora
dos cálices originais."

Nooossa !!!
Sexy, hein !!!
Você é a autora ?
Tem que assinar embaixo, né ?!...
bjs,
JÔKA P.

Saramar disse...

Tem razão...assinarei.

CapaEspada disse...

A PADROEIRA

Joanna

Ó, virgem santa, rogai por nós, pecadores

Junto a Deus Pai e livrai-nos do mal e das dores

Que todo homem caminhe

Tocado pela fé

Crendo na graça divina

Esteja como estiver


Abençoai

Nossas casas, as águas, as matas e o pão nosso

A luz de toda manhã, o amor sobre o ódio

Iluminai

A cabeça dos homens, te pedimos agora

E que o bem aconteça

Nossa Senhora

Que todos cantem, católicos, evangélicos, espíritas, budistas........
A música é de todos, Graças à Deus, assim seja, amém......

ZorroTonto

Angela Ursa disse...

Saramar, é muito bonito e intenso esse poema. Parabéns! Beijo da Ursa

spersivo disse...

Amiga Saramar,
Se você quis conquistar um novo amigo não podia começar melhor. meu ego está lá em cima, mas não concordo com suas palavras, pois a poesia é um oceano de muitas águas e a sua sensibilidade, com certeza, fará de você uma poetisa muito maior do que já é. Grato pelos elogios, porém, como você gosta de poesia, devo lhe dizer que as minhas que estão na Poesia do Silvio (http://spaces.msn.com/members/spersivobrazil/) são muito melhores. Se tiver tempo dê um pulo por lá. Aquele abraço. Silvio Persivo.

CapaEspada disse...

Saramar, se colocar música no seu poema e dar para Simone cantar.
Vai ser um furor.
Fantástico, e muito sugestivo....

terragel disse...

SARAMAR, eu consegui enxergar toda sua sensualidade nesse poema, não tenho nem o que dizer, estou sem palavras por perceber sua grande sensibilidade ao infinitamente sensual.
Bjs

Wilton disse...

Olá!
Gostei muito do seu texto, um lindo poetar.Manifestação de pura sensibilidade, Parabéns!Beijos

Jôka P. disse...

ASSINOU, NÉ !!?!!!

Isso aí.

Coisa bonita tem nome e autoria.
Não cai do céu não.
Bjs,
JÔKA P.
:)

Lia Noronha disse...

Samara:muitas vezes esse ansiar...nos impulsiona a prosseguirmos.
Beijos carinhosos.