À FLOR DA PELE

Para quem não me conhece,
eu agora me apresento.
Não sou flor de se cheirar,
mas tenho momentos de saciar,
fastio de desejos, malemolências.
Rendo-me facilmente aos sentidos,
basta me provocar
uma flor ou um lamento,
gosto de consolar.
Mas não aceito restos de sonhos
nem flores mortas,
nem paredes de vidro.
Se chegas, porém
com jeito de me aceitar,
entrego-me, ponho-me a agradar
com cheiros, sabores de entontecer.
Gosto de ser mar e invadir
e amolecer, com dengo.
Melíflua, deixo por onde passo,
doces traços dos meus alados bailados
de quando me fazem flutuar.
Prefiro o tempo bom,
as cortinas abertas,
mas entendo necessidades
de penumbra,
de alimento e pão e forno
e quenturinhas irreveladas.
Não se preocupe, sou banal
mas não se iluda,
aspiro à beleza das borboletas
e sua inconstância.
Muitas vezes, sou equívoco.
Menos mal se não houvesse horas,
viveria, então, só de amor
beija-flor, beija, beijo, beijo.
Sou cálice cheio até a boca
e me derramo ao menor toque.
Nas noites, finjo que sou deusa,
capaz de algum furor,
quem sabe um amor,
mas passa rápido,
pássaro de andar pelo ar,
ilusão de sábado.
Falta-me um destino para tanto ser.
Faltam-me os braços de me segurar
para neles enlanguecer.

Saramar

Imagem: Lizette Luijten-Daas

Este desnudamento é a propósito de um meme, dado a mim,
presente dos deuses, da minha amiga-deusa,
Daniele.

9 comentários:

Daniele disse...

Minha tão querida amiga Saramar,

Esse seu desnudar é deliciosamente lúdico, gracioso, envolvente.

Maravilhoso!!!!!

Uma alegria infinita poder oferecer um meme a alguém que tanto gosto, que tenho tanta admiração, uma poetisa magistral e uma amiga que tem morada cativa no meu coração.

Beijos,

Claudinha disse...

Olá Saramar! E tem graça eu falar de novo que você é genial? Mesmo sendo repetitiva, eu digo. Adoro seus poemas! Beijos!
* Segredo: à noite, eu gosto de fingir que sou deusa...Rsrs.

Tiago disse...

Muito bom, flor que desabrocha em intensas cores e diversos odores.
Belíssimo poema.
Beijos.

suruka disse...

Ola SARAMAR

permite discordar
sente-se de ti um cheiro intenso e lindo de flor.

Gostei de ler.

bjs

un dress disse...

e se de ilusão em ilusão

se fizer luZ!?


...tu.luZ.de.ti...!! :)



beijO

O Meu Jeito de Ser disse...

Que lindo!
Bom ser flor, para estar disponível ao carinho do beija-flor.
Estar receptiva, é o que de melhor pode existir, para o amor acontecer.
Um beijo e boa semana menina.

Bill disse...

Uma linda flor em belos versos...
Realmente maravilho, desabrochar na vida (=

Otima semana pra tu.
:**

Mário Margaride disse...

Querida SARAMAR,

Neste lindo poema! Há alguma acidez...alguma revolta...
Sabes minha amiga! O amor tem destas coisas. Por vezes nos zangamos, nos irritamos. Mas no fundo...continuamos a amar...
Adorei!

Beijinhos

Carlos disse...

Nestes momentos de quase inverno encontramos aqui o aquecimento de suas palavras. Precisamos disso, valorizar cada palavra de sentimento.