NUA


Indecente,
dispo-me à tua frente.
Espantado, então vês
que algum antigo amor
já me marcou os seios
e entre o perfume
de magnólia
que deles evapora
provas um gosto de sal
percebes um cheiro de dor
Ao me ver assim, tão nua
sabes, então, que meu riso
que não tem querer nem motivo,
não o sendo por mal,
é um brinquedo enganador.
Saramar

Imagem: Cristina Becejski

18 comentários:

Palavras ao vento disse...

Nada mais gratificante para a alma que ler um lindo e sentido poema como este!

Daí o meu regresso.. Que sinta a vida... lendo- vos!

Com carinho da

Maria Valadas

Alice disse...

Passei para te ler e deixar um beijo carinhoso... A tua poesia é sempre bela...
E... continua a rir... sem mal... brincando...

Entre linhas... disse...

A tua poesia é linda,continua a sorrir.
Bjs Zita

Lusófona disse...

Oi Saramar!! Você escreve lindamente!

Quero agradecer as palavras de carinho... muito obrigada.

Beijos e uma feliz semana

delusions disse...

Eu adorei sinceramente. Um sorriso... brinquedo ou muralha um vestido da alma?

Bjs*

Raquel disse...

Amai!
jnhs

Bosco Sobreira disse...

Indecentemente lindo, minha Poeta favorita!
Dizer mais o quê?
Um beijo afetuoso.

Janaina Staciarini disse...

Eu me vejo tanto nas coisas que você escreve, Sara.
E eu tenho vontade de beijar suas mãos e dizer mil vezes: obrigada por cada linda palavra escrita aqui para nosso deleite.
Beijos.

Nochestrellada disse...

las palabras suenan más lindas con la música de tu idioma...
me encantó la pintura...quién es el artista?

un dress disse...

riso que parte. �s vezes sal.





beijO

Tina disse...

Oi Saramar!

Por vezes necessária essa nudez.

Lindo, obrigada.

beijos querida e boa semana.

Pedro Pan disse...

, amor em sintonia. a diversão que faz os sentidos no momento...

Sandro disse...

é engraçado como vemos o passado marcado nas pessoas... e por vezes o passado das outras pessoas acabam por nos marcar a nós!

Um beijo

Erika disse...

tem coisas que marcam na pele.. como tatuagem...

Querida, vim agradecer seu carinho no Oncotô.
Muito obrigada. Volte sempre? Eu voltarei aqui, com certeza.

Beijos e ótima terça.

Mário Margaride disse...

Lindo! Lindo! Minha amiga.

Um doce beijo.

Ricardo Rayol disse...

marcas indeléveis talvez.

cilene disse...

Como vao as coisas? vc estå bem? espero que sim..der noticias

Chiko Kuneski disse...

Especial esse teu poema. Reli muitas vezes seguidas.