RENDIÇÃO



Nada mais tenho a dizer
a não ser repetir Chico:
"eu entrego os pontos".
Meu coração vai sair
pela boca da noite
sem mais palavras,
sem mais sentido
a não ser o dito popular
mais batido:
volta pra mim.
Mas volta de alma inteira,
e uns tantos sonhos
de sonhar junto
que já não posso mais,
assim sozinha,
fingir que sonho.
Saramar

Imagem: Beate Emanuel

Hoje é sábado e tem um poemínimo lá no blog do Leo. Quer ver?

8 comentários:

Delfim Peixoto disse...

Vai voltar com esses sonhos sim
jnhs

Dono do Bar disse...

Eu não vou comentar esse sua poesia. Dói muito, sabe? É como tocar naquela ferida que não fechou.

Tenha um ótimo final de semana.

DB.

marcos pardim disse...

e eu, feito treinador de boxer, jogo a toalha... e aplaudo a sua vitória: a de bem poesia fazer. 1 beijo

Leonardo disse...

Qualquer dia desses vou te encontrar e espiar o fundo desses olhos.

Leonardo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JPAnunciação disse...

"Meu coração vai sair
pela boca da noite" e como você o diz: "sem mais palavras!"
Simplesmente extraordinário!
Um beijo

Anônimo disse...

Saramar,
um beijo
miguel

Sam disse...

Lindo e triste...solitário e, ao mesmo tempo, com uma presença que insiste em não deixar.
Parabéns pelos seus poemas :)

Beijo