CAMINHO


Vem,
ensina minha mão a encontrar
o rumo,
o movimento,
o porto
para que ela saiba se perder
nos líquidos caminhos do teu corpo.

Saramar

8 comentários:

Natália Nunes disse...

Ai q lindo!
Adorei o encontrar para perder.
:D

Bjo!

Erika disse...

encontrar-se perdida.

beijos

Chiko Kuneski disse...

que beleza de letras. daquelas que vêm em ondas...

cilene disse...

Voce anda inspirada minha; seus poemas estao cada vez melhores

Sônia disse...

Ha...o amor! rs...


Bom dia Saramar!

MUTUMUTUM disse...

Uauuu... tens razão. O toque das mãos pelo corpo tem um significado e tanto, leva-nos a uma viagem fantástica pelos sensos e imaginação.

Parabéns pelo texto maravilhoso, que me levou a viajar mais uma vez... como sempre, aliás...

Abraços o/

margusta disse...

Lindo Querida Saramar!

Um beijo meu e bom fim de semana!

Lusófona disse...

Olá Saramar!! Há tempos que não vinha aqui =(

Que lindo!! ensinar a encontrar e depois se perder de paixão...

Beijos e feliz FDS