DÚVIDA


Se eu fosse tua,
além de me
dar a lua,
atravessarias
a rua?
Saramar

Imagem: Chagall

11 comentários:

PELADUZ disse...

Sim.

Houvesse um aceno teu.

Vera disse...

Querida Saramar, adorei esta reflexão! Quem ama oferece a lua, atravessa a rua, mata, morre...

Beijinhos

Bosco Sobreira disse...

Apreender a poesia na concisão de um poema é a arte que pertence unicamente aos grande poetas.
Como você, minha querida Poeta!
Beijos afetuosos.

Arauto da Ria disse...

Se fosses minha, seria tão facil atrvessar a rua feita mar.
um beijo.
miguel

Paulo de Tarso disse...

Oi Sara
Tudo aqui continua lindo. E a migração pro novo modelo também.
Beijos

marcos pardim disse...

se a lua fose minha, eu mandava ladrilhar
se a rua fosse minha, eu mandava estrelar
(...)
preciso voltar aqui, colocar a leitura em dia. 1 beijo

Freyja disse...

Saramar
hola amiga, como estas?
ojala todo bien
quiero perdirte un favor muy grande
hoy en la noche dejare un post para Pedro que esta de cumpleaños mañana 5 de Febrero
para que lo saludes por favor
el saludo esta a nombre de todo el equipo de Escuridao

ademas el subio un poema muy lindo si puedes saludarlo por favor
Pedro es un amigo muy lindo y todos hacemos un equipo muy lindo en Escuridao

siempre algo hermoso aqui, se respira a versos
te dejo mi cariño y que tengas una bella semana
besitos y gracias


besos y sueños

Daniele disse...

Saramar,

Como sempre na sua poesia, ora repleta de reflexões é um êxtase puro.

Beijos

Anônimo disse...

Se vc fosse minha?? Minha não seria!...
Agradecido, José

JJLEANDRO disse...

Olá, adorei a sua visita e o seu comentário em http://jjleandro-jjleandro.blogspot.com/
Aqui lhe visitando, achei belo e singelo este teu poema, e como as coisas cativantes, me inspirou uma resposta:

O QUE MANDARES

Se fosses minha,
Ah, a lua eu te daria.
Mas a rua só atravessaria
Se, a uma ordem tua,
Tivesse que subir aos céus
Pra te trazer a lua.

Ricardo Rayol disse...

Bela questão :-)