OFERENDA


da arqueologia da carne,
ofereço-te a vida,
sem dor, sem remorso.

da rosa e sua penugem,
ofereço-te o orvalho.

da fresca boca, e lânguida,
ofereço-te a orla.

vem, na noite,
como o vento,
como o mago e sua flauta,
cálido,
leva meus úmidos véus,
desvenda o abismo do meu dorso.

Saramar

Imagem: Daeni Pino

9 comentários:

Erika disse...

ofereço céus e mares... basta vires buscar...

lindo, como sempre.

beijos

Moita disse...

Belissimo.

Você tem que publicar seu livro, o mais rápido que der. Pra dar tempo a que adentre a Academia Brasileira de Letras.

muitíssimos cheiros

Links & Sites - Seleção dos Melhores Sites do Brasil! - disse...

L i n k s & S i t e s
Seleção dos melhores Sites do Brasil!
http://www.lksites.com

Parabéns pelo seu Blog!!!

- Link Atualizado. Ok!

Você continua fazendo parte da maior e melhor
seleção de Sites do País!!! - Só Sites Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está entre
os melhores e mais prestigiados Sites do Brasil!

O seu link encontra-se no item:

" CANAL 3 " => Blog = Letra F

- Os links encontram-se rigorosamente
em ordem alfabética -

Pegue nosso selo em:
http://www.lksites.com/selo

Um abraço,
Dário Dutra

http://www.lksites.com/
....................................................................

Márcia(clarinha) disse...

Oferenda do amor...
lindo domingo doce Saramar
beijos

Claudinha disse...

Menina, oferendas reais ... Lindo mesmo, lembrou-me uma passagem linda em minha vida. Beijos!

isabella benicio disse...

Entrega total... Bonito demais... Beijos!

Cristiane disse...

Saramar,

Tudo muito lindo...da bela imagem às suas lindas palavras...

Obrigadapela sua doce presença, uma semana iluminada, Cris

Chiko Kuneski disse...

"da arqueologia da carne, ofereço-te vida". Que começo. Ofereces o início no início. Perfeito.

un dress disse...

...abismo cálido e só...








:)beijO