PRIMAVERA (II)


a semente,
após longa semeadura,
surge em flor, em fruto.
como bambuzais dançam
em perfumada brisa,
as palavras, rubras,
abrem o cio dos versos
dando cor à vida.

Saramar

9 comentários:

Erika disse...

e domingo elas estarão em plenitude.

beijos

cilene disse...

em se plantando tudo dar...bom fim de semana minha amiga e o video do filme ja estava la..nao abriu..trouxe o link pra vc de presente.
http://br.youtube.com/watch?v=j_F_SH07nsE&eurl=http%3A%2F%2Fcilenebonfim%2Ecom%2Fvejam%2Do%2Dtrailer%2Ddo%2Dfilme%2Dmadeleine%2Dde%2Dben%2Daffleck%2F

Mário disse...

Saramar, lindo texto. Vim te desejar um bom final de semana.

crisblog disse...

Margaridas e bambuzais...perfeitos!

Beijos.

naenorocha1@hotmail.com disse...

Muito bonito a tua poesia. Mais uma que me deixa comovido por tratar-se de mim.
Um beijo
Naeno

Natália Nunes disse...

"cio dos versos"
adorei essa imagem! haha.


como eu adoro o movimento dos bambuzais...

Abraços!

luma disse...

SALVE A PRIMAVERA!! A mais linda das primas! Aquela que se encarrega do embalo da brisa e do aconchego do amor. Bom fim de semana! Beijus

MUTUMUTUM disse...

Lindo texto. A vida é assim: semeamos diversão na segunda-feira, labutamos, e, no fim de semana, colhemos a flor e o fruto o/

Putz! Nadica de nada a ver, né mesmo? Hoje, tô maulz pra interpretar poesias (aliás, hoje e sempre)...

Abraços o/

un dress disse...

o cio dos versos...que seja!!






:) beijO