BRISA


Se tento versos,
não é para fingir
os amores que invento.
Sem rimas, finjo o verso,
falo do amor
como falo do vento.
Um nada, um oscilar
ao lado, outro tempo.
Saramar

Imagem: Daeni Pino

14 comentários:

José disse...

Eu nada fingo,
versos que escrevo,
vivo!
Agradecido!
Beijos

Lusófona disse...

Saramar!
Escreves com o coração, e tens um lindo coração :)

Beijinhos

JPAnunciação disse...

Amiga Poetisa,
Recebo esta brisa que me faz balancear em meu baloiço, num vai e vem onde a busco no horizonte.
Gostei imenso.

Um beijo grande.

Mário Margaride disse...

Olá Saramar,

Belo poema querida amiga!

"Se tento versos,
não é para fingir
os amores que invento.
Sem rimas, finjo o verso,
falo do amor
como falo do vento.
Um nada, um oscilar
ao lado, outro tempo."

(Saramar)

Do outro lado do tempo
Faço versos, não fingindo
Com eles, pinto o amor
Não oscilo, com o vento
Nos versos, também há dor
Que escorre, com ardor
E nos ventos, vão sorrindo.

(Mário Margaride)

Querida amiga: não resisti a fazer um dueto. Espero que tenhas gostado.

Beijinhos

Nena disse...

Estou bege!

Que blog é esse, gata!

Lindo de ver e de viver!!!

volto de novo aqui...

(cheguei através do Ordisi Raluz.)

diovvani mendonça disse...

Poema, ventilado de boa poesia!!!
AbraçoDasMontanhas.

Daniele disse...

Minha querida amiga Saramar,

"falo do amor
como falo do vento.
Um nada, um oscilar
ao lado, outro tempo."


Essa magnitude que possui no sentir e escrever me toca profundamentem, em um tempo que o amor toca-me como o vento.

Beijos na sua alma minha querida

Zé Carlos disse...

Sara querida
Vc é linda, já nem me canso de repetir... seus versos são maravilhosos.
Imagine se já não os copiei?

Verás (ou lerás)...

Bjs do Zé

Sônia disse...

Lindo Saramar! Tanto as palavras quanto a imagem.



Abraço!

Angela disse...

Realidade e poesia num brando oscilar que tão magnificamente sabes expressar.

Um grande beijinho para ti poetisa.

Claudinha disse...

Ai meu Deus, você se supera a cada dia. Eu continuo aqui, sem palavras suficientes para te elogiar. Beijos!

Ricardo Rayol disse...

maravilhoso demais, você mostra a cada dia por que é minha gurua.

Márcia(clarinha) disse...

Doce Saramar
vim avisar que acabei o Brincando...
Não sei rimar tristeza com abandono, tenho que me fortalecer.
Obrigada por maravilhosos momentos
beijossssss

Tina disse...

Saramar:

Outro tempo: tudo que preciso.
Outro tempo não tenho. Tenho?

Lindo, sempre. Obrigada.

beijos querida,