CANÇÃO PARA UMA VALSA LENTA


Minha vida não foi um romance...
Nunca tive até hoje um segredo.
Se me amas, não digas, que morro
De surpresa... de encanto... de medo...
Minha vida não foi um romance...
Minha vida passou por passar.
Se não amas, não finjas, que vivo
Esperando um amor para amar.
Minha vida não foi um romance...
Pobre vida... passou sem enredo...
Glória a ti que me enches a vida
De surpresa, de encanto, de medo!
Minha vida não foi um romance...
Ai de mim... Já se ia acabar!
Pobre vida que toda depende
De um sorriso... de um gesto... um olhar...

Mario Quintana

5 comentários:

Lata Mágica disse...

Um bom domingo, quase no final do dia, atrasados :))), mas ainda tem a noite.

CapaEspada disse...

Saramar,
Boa Noite, a noite está linda para dançar uma valsa.

Marcelo Orlando disse...

Que blog mais arrumadinho!!! bjs...

Angela Ursa disse...

Oi, Saramar! Vim curtir as poesias de amor da sua página! E tive a surpresa de ver também esse lindo poema do Mário Quintana. Beijo da Ursa

Jôka P. disse...

Um beijão caRIOca !!!
JÔKA P.
:D