RECADO



No meu painel de recados,
havia um encontro marcado
para hoje ou amanhã.
Era curto e mal escrito,
como se o que ali fora dito
não soubesse bem por que.
Pensei no abraço que daria,
na arquitetura do dia,
lírios, rios,
lágrimas pelo doce encontrar.

Sem maior razão, o bilhete,
pedaço de um tempo passado,
quando a lua vinha me acordar
com alguma lembrança, um agrado,
trouxe o tempo de volta,
as noites iluminadas
pelas palavras de amar.

Porém, o encontro marcado,
há muito fora trocado pelo escoar
dos meus olhos, cansados de esperar.

Bem quis rasgar o recado,
desfazer cada palavra,
emudecer dentro do peito,
essa saudade sem jeito.
Mas de que serviria
tentar desmanchar os traços
deste amor que já se foi
se meu tonto coração
vive até hoje aos pedaços?

Saramar

Imagem: Albert Koetsier (modificada)

16 comentários:

cilene disse...

Oh Saramar..amar e mesmo difícil, e o coração teima em sentir coisas que o tempo ja acabou a muito.

mundo azul disse...

É lindo o seu poema! Parabéns!
Gostei daqui e voltarei sempre...
Beijos de luz e um dia feliz!!!

Wilson Guanais disse...

é verdade, não adianta "rasgar o recado..."

Labellaluna® disse...

Pois é Saramar... Estou aqui..rss
Vim pra te desejar toda felicidade do mundo... que vc continue escrevendo dessa forma maravilhosa...que seus sonhos sejam realizados.. que vc alcance suas metas.,. tanto no profissional quanto no pessoal.. que vc tenha muita saúde e felicidade..
Não pare nunca.. jamais.. vá aos trancos e barrancos mas siga em frente sempre...
Obrigada por seu carinho no meu blog...
Depois vou xeretar no seu de política..rss
Um beijo grande e FELIZ ANIVERSÁRIO

Bosco Sobreira disse...

Os poetas, as poetas são como os deuses ou os magos. Ao falar de um amor particular, o poema ganha universalidade. Quem não passou por uma "situação" assim? Só os que nunca amaram, o que nunca viveram.
Que poemam minha Poeta favorita!
Um beijo afetuoso.

Zé Carlos disse...

Bom Dia menina querida.
Hoje vim especialmente para te desejar um FELIZ ANIVERSÁRIO, muita saúde, muito amor e muitos anos de vida......
Um beijo imenso deste teu amigo, Zé Carlos

Anônimo disse...

Ler seu poema para mim é um grande prazer, agora duplicado por saber que hoje(?) é seu aniversário. Parabéns. Um beijo. Francisco Dantas

Rose disse...

Querida amiga-irmã de meu coração...

hoje minhas orações estão voltadas a favor de ti... que o Bondoso Deus olhe para ti ainda mais carinhosamente e te ajude a realizar teus sonhos já sonhados e a sonhar ainda maior...

Felicidades.... todas...

beijos

Patty disse...

Saramar,

Tão lindo e triste e a lua sempre mensageira ou companheira do amor.

Querida, parabéns pelo teu dia. Muitas felicidades e tudo de melhor que há nessa vida!

Muitos beijos e abraços!!!!

Voodoo disse...

Meu anjo,

Um feliz aniversário, e que esta dara se repita por muitos anos de tua vida.
felicidades
bjs

Pepe Luigi disse...

Maravilhoso o tocar deste belíssimo poema que encerra um tom fortemente sentimental.
Bjs

Alice Matos disse...

Querida Saramar... de que vale querer apagar vestígios... se o teimoso coração continua a sentir?
É lindo o teu poema...
Beijinho para ti...

Tina disse...

Oi Saramar querida!

A dor do amor... sempre a dor de amar, de não ter, de perder.

E versos teus verbalizam tão bem. Obrigada. Minha noite está ganha.

beijo grande,

Bosco Sobreira disse...

Voltei em busca de novos sonhos, minha querida Poeta.
Na falta, fico com os anteriores. A poesia, a grande poesia sempre se renova a cada nova leitura.
Um beijo afetuoso e um domingo de paz e luz.

Zeca disse...

Saramar,

é bom te visitar, pois sempre encontro um presente em forma de versos que me encantam.
E mesmo no seu aniversário, somos presenteados com um "encontro marcado" não consumado. Como colar esse coração? Impossível, mas em compensação, os versos produzidos a partir dele se transformam em presentes para nós.
Mesmo com alguns dias de atraso, quero deixar registrado o meu respeito pela mulher, pela poeta e amiga que tenho em você. E com todo o meu carinho, desejar alegrias, felicidades, realizações e muito amor em seu coração.

Beijo.

Jacinta Dantas disse...

O amor e suas armadilhas: ou, o amor é a armadilha. E sempre, sempre...mesmo que despedaçamos o coração, sempre queremos o amor.
Um abraço