DAS PEDRAS MARCADAS PELO AMOR


Caminhar com você por estas ruas velhas
sobre as pedras cálidas
de todo amor que guardam
e ainda assim,
abismadas da ternura de nossas mãos
que brincam de pegar longe de nós,
em alguma gente que passa
ou no sonho do pássaro sobre o fio.

Caminhar com você é subir montanhas,
aproximar-se dos deuses
e tocar, com o perfume e o fogo,
a vida que vive em volta do nosso amor.

Saramar

13 comentários:

federal perkins loan disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Claudinha disse...

Eu quero um caminhar assim com meu amor...

Obrigada pela visita no aniversário do TP!
Beijos!

moacircaetano disse...

BEla, bela caminhada!

Odele Souza disse...

Caminhar de mãos dadas com quem se ama. Nem é preciso ter pressa de chegar...

Um beijo.

Jacinta Dantas disse...

Seus poemas, sempre belos, falando de amor. E, nesse, visualizo a cena do amor que se entrega no caminhar de uma bonita tarde neste friozinho gostoso que faz por aqui.
Beijos

Tina disse...

Oi Saramar!

Eu fico sem palavras qundo leio teus escritos, sério mesmo. Lindo e apaixonado.

beijos querida e boa semana,

KÁTIA CORRÊA DE CARLI disse...

Ai Saramar

Como queria voltar a caminhar em velhas pedras, sentindo velhos amores, acreditando em velhos sonhos...
beijo e ótima semana

Aninha Pontes disse...

Ah! esse caminhar torna-se suave. Os obstáculos ficam fáceis de serem ultrapassados.
A vida fica melhor, a vida nos sorri.
Beijos menina.

Ricardo Rayol disse...

eu procuro uma caminhada assim

Bill Stein Husenbar disse...

A vida seria perfeita nessa caminhada...

DE-PROPOSITO disse...

Caminhar com você é subir montanhas,
----------
Ao subir as montanhas ficamos no alto. E quanto mais alto se sobe, maior será a queda.
Fica bem.
E felicidades.

Zeca disse...

Caminhar de mãos dadas
pelas velhas ruas,
de cálidas pedras,
é tudo que sonho,
é tudo que quero.

Beijos.

Dora disse...

As pedras das ruas velhas me lembraram Parati. E você descreveu as cenas que vi, de doces casais enamorados, passando por elas...
Caminhar com quem se ama é, sim, "aproximar-se dos deuses".
Beleza sempre aqui!
Beijos, beijos.
Dora