DO MEU SONHO EM BUSCA DO SOL


"Bruta flor do querer, bruta flor..."
Caetano Veloso

No meu sonho, um nome
voando feito passarinho.
E eu, tonta
de tanto querer.

No meu sonho, uma saudade
loucura de quem ama e arde
pelo sol tão perto
alheio ao que queima.

....

Não quero redenção
o que eu queria era o sonho dele
o desassossego
e a alma dele saltando os muros
em busca do sol,
como eu ando.
Saramar

18 comentários:

david santos disse...

Belo post, Saramar, muito belo!
Parabéns

Voodoo disse...

Querida Sara,

O sonho que sonhamos nós,
não é sonho que se sonha só,
é vida, que a vida é sonho.
bjs

meg disse...

E como é bom sonhar, Saramar!
Assim como o fazes neste tão belo poema!
Não é para todos escrever como o fazes.
Bom fim de semana e um abraço

Janaina Staciarini disse...

O sonho está ali, Saralinda, ao alcance das mãos. Então, porque parece tão distante?

Jacinta disse...

E também eu ando, ando, ando. O caminho me leva ao encontro com o sol.

Anne Baylor disse...

Sempre em espera..
Um afã..
Um desejo louco,
Desespero pelo que não vem..

BeijoS.


=]

Rose disse...

almas de poetas sempre em desassossego... em buscas...nem sempre atendidas...

grande saudade

beijos

Lata Mágica Recife disse...

Fizemos uma oficina com jovens que possuem um disturbio mental, no qual postamos lá no blog as imagens realizadas por eles, onde a arte esta a favor da inclusão social.

Abraços dos amigos da Lata Mágica Recife.

Willam & Odilene

Pedro Pan disse...

, poema bom para se ler alto.
, "um nome voando feito passarinho." é magistral.
, beijos meus.

DE-PROPOSITO disse...

O sol existe. Sem ele deixaria de haver vida na Terra.
Felicidades.
Manuel

Mimi disse...

Eu que fico cega com a beleza que reluz dos teus textos!

beijão, Saramar

Anônimo disse...

Saramar,

Continuo a sentir estes poemas como meus,só não consigo ter talento para os escrever.

São lindos..!

miguel

Cris disse...

Ele podia sim vir em busca do sol
que arde dentro de mim...

Parab�ns , Saramar. sens�vel, delicado.Como tem que ser.

Beij�o

Menina do Rio disse...

Um nome voando que nem passarinho...
Há sempre um sonho, uma saudade

Um beijo

Alessandra disse...

Belo e lúcido enredo de um sonho...

Cláudio B. Carlos (CC) disse...

Oi!

Muito bom!

Beijos,

*CC*

Alessandra disse...

relendo...
como os gatos tão dolorosamente ardentes nas suas buscas desassossegadas! É lindo esse poema.

Sônia disse...

a alma dele saltando os muros...ai...ai que lindo!