CARNAVAL


Passeio entre felizes foliões.
A festa despencou pelas ruas, chuva de confetes.
Máscaras não mais se usam,
só a da alegria, em todas as faces, pregada.
Suor colorido de músicas, um choque,
um tremor nessas ruas molhadas.
Beijos escorregam por todos os lados,
lascivos,
de línguas, bocas, pernas.
Procuro rostos, olhos... nada.
É carnaval.
Também fui,
trocando ilusões e lençóis engomados
por tiras coloridas e seu brilho de enganar.
Árvore,
de outra pele me vesti
e a primavera confunde as estações e os sons.
Estou indo esquecer
que a felicidade é um confete no asfalto.

Imagem: Picasso

30 comentários:

Avassaladora disse...

"... Estou indo esquecer que a felicidade é um confete no asfalto."
Quando me deparo com um texto assim, é preciso reverenciar que o escreve!
Meus parabéns!
Tudo que vc esvreve é lindo!
Sou apreciadora de uma bela poesia!


Beijos e carinhos!

Brancamar disse...

Minha amiga,

Este seu poema das contradições é maravilhosamente profundo, como tudo que escreve.
Desejo que esteja bem.
Beijinhos.
Branca

Tina disse...

Oi Saramar!

Perfeita descrição do Carnaval, perfeita mesmo. Gostei demais, parabéns.

Desculpe o sumiço, mas ando por mares distantes...

beijo grande, ótimo dia!

Cecília disse...

Perfeito poema!

Beijos!!!
Tenha um ótimo final de semana!

Bill Falcão disse...

Saramar nos seus melhores momentos!
Bjooooooooo!!!!!!!

A Sentinela disse...

Meu amor,

Vamos escolher um carnaval..
Recife, Olinda, RJ ou uma praia,
o que vc acha?
Continuou a amar vc.
Saudades demais
Voodoo
bjs

Sônia disse...

Estou indo esquecer
que a felicidade é um confete no asfalto...bonito Saramar!


Um abraço!

Zeca disse...

Saramar,

surpreso com este lindo poema sobre o canaval, vou tomar a liberdade de colocar um link para ele lá no AO Carnavalesco (http://aocarnavalesco.blogspot.com), você se importa?

Beijos.

Beti Timm disse...

Saramar,

não amo o Carnaval, mas visto por este seu prisma, nesta luxuosa e linda poesia, passei a crer que o carnaval tem sua beleza.

Beijos carnavalescos

BANDEIRAS disse...

Oi Saramar,

Sumida !! rsrsrsrsrsr

Mas o que importa é que vc agora está bem. Espero que apareça mais vezes em nossos humildes blogs.

Acho que é o único momento que somos realmente felizes sem ter vergonha de extravazar essa liberdade que nos é permitida: O carnaval.
Podemos ser qualquer pessoa . Podemos nos vestir de qq fantasia,
de qq personagem. Isso é muito bom. O carnaval tem seu lado positivo sim.

Bjs e fique bem.

Moita disse...

Desconstrução

Passeio entre mascaras.
Trocando ilusões de felizes foliões.
A festa despencou pelas línguas, bocas e pernas, suor de músicas escorrega por tiras coloridas e a primavera confunde os lençóis engomados nessas ruas molhadas.
E os sons dos confetes no asfalto me dão a felicidade de me vestir de outra pele como uma árvore.

Alguns cheiros.

Em tempo: não resisti a descontrução, tão lindo è o poema.
E eu morrendo de inveja. rssss

outros cheiros

Nathália disse...

Olá, peço que, se possível, divulgue o site do poeta Ulisses Tavares (www.ulissestavares.com.br) em seu blog.
Mandando um email para nós você concorre a um livro por semana do escritor!
Desde já agradeço a gentileza.

Abraços!

Mr. Ziggy disse...

Esse carnaval é dos bons. Daqueles com marchinhas, em que as pessoas se divertiam alegremente, umas com as outras, de forma jocosa e saudável, diferentemente do trágico carnaval (ainda existe?) que temos hoje. Lindos, teus versos!

Francisco Dantas disse...

"A felicidade é umj confete no asfalto". Que síntese, minha amiga. Adorei tudo. Um beijo.

Moita disse...

A moça desapareceu.
Será que está de férias no Caribe?

Cheiros

Sônia disse...

Me fez lembrar da música:

A felicidade do pobre parece
A grande ilusão do carnaval
A gente trabalha o ano inteiro
Por um momento de sonho
Pra fazer a fantasia
De rei ou de pirata ou jardineira
e tudo se acabar na quarta feira...


Abraço Saramar!

zymboo disse...

Olá, bom dia!
Meu nome é Patrícia e trabalho com divulgação na empresa Zymboo.com.
Hoje temos um portal de conteúdo que abrange notícias nacionais, internacionais e regionais (www.zymboo.com).
Gostamos muito do seu blog e gostaríamos de convidá-lo a escrever para a página de cidades da Zymboo.
Estamos lançando um novo portal em que o internauta vai ficar por dentro de tudo o que acontece em sua cidade: notícias dos principais jornais e revistas, turismo, atrações, história, memória, cotidiano, esporte, diversão, curiosidades, serviços e muito mais! Não é apenas um portal de notícias, é um portal onde o cidadão vai interagir, opinar, enviar notícias, vídeos e imagens, colocar seu blog, indicar eventos, sugerir melhorias ou criticar aspectos do município. Participe do site você também, blogueiro, seja nosso Repórter Cidadão!
Basta enviar seus textos para serem publicados na Zymboo: falacidadao@zymboo-inc.com
Conheça também nosso blog: http://zymboocidades.blogspot.com/ 
 

delusions disse...

olá :)



bjinhos*

Bosco Sobreira disse...

Que bom te econtrar aqui, minha querida Poeta! Sempre te buscava os poemas, mas só hoje me surpreendo com sua presença celebrando o Belo.
Fico feliz!
Excelente carnaval pra você e os seus.
Um beijo afetuoso.

looking4good disse...

Este mundo tornou-se um Carnaval permanente. Pois que o dia do Carnaval seja uma pausa nesta palhaçada da vida.

Zeca disse...

Saramar,

trouxe alguns rolos de serpentinas e um saquinho de confetes. Quem sabe te animas?
Ainda hoje falamos em você: a Ana, irmã da Dora e eu... rs.

Beijo, carinho.

BANDEIRAS disse...

E O CARNAVAL ? FOI BOM PRÁ TI ?

EU ME REFUGIEI EM UMA PRAIA DESERTA.

SAUDADES DE TI

BJS

Moita disse...

Tou cansado de ler e gostar dos seus escrito.

Mas não me cansei.

5 cheiros

Moita disse...

Agora me cansei.

Márcia(clarinha) disse...

Já limparam as ruas e lá se foram os confetes...até ano que vem.

lindo dia doce Saramar
beijos

ATEFAR disse...

Só passei para desejar um lindo dia.
Feliz dia da Mulher,
Nice.

Moita disse...

A moça sumiu...............

1 cheiro

Joe_Brazuca disse...

..e dá-lhe tambores tarois traquejos
matracas matreiras marcando a marcha...
é beijo de rostos e máscaras
sabor abissinto de línguas e pernas
sem nome...sem teto..sem medo !

e esse Picasso, então...

um beijo
Joe

Sônia disse...

Saramar...cadê você??
Por que sumiu assim? Sentimos falta
de você e de seus lindos poemas.
Espero que esteja bem.


Um abraço!

Geanina Codita disse...

He visto aquí sugerentes imágenes, palabras que expresan mucho de la sensibilidad, el color nos caliente el alma.
Hasta pronto!
http://translate.google.com/translate?js=n&prev=_t&hl=ro&ie=UTF-8&u=www.geaninacodita.blogspot.com&sl=ro&tl=es&history_state0=ro%7Ces%7CAm%2520vazut%2520aici%2520imagini%2520sugestive%252C%2520cuvinte%2520ce%2520exprima%2520multa%2520sensibilitate%252C%2520culoare%2520ce%2520ne%2520incalzeste%2520sufletul.%250APe%2520cur%25C3%25A2nd%21